Ceilândia visita Aparecidense em busca do primeiro triunfo

Pela terceira vez, Ceilândia e Aparecidense se enfrentam em uma temporada pela série D. Após estreias sem balançar as redes de ambos os lados, os clubes só pensam na primeira vitória para conquistarem a liderança de seu grupo.

Os confrontos entre Gato Preto e Camaleão são marcados pelo equilíbrio. Em seis partidas disputadas entre ambos, foram três vitórias para cada lado e nenhum empate. O curioso é que duas vitórias de cada time foram conquistadas como visitante: o Ceilândia venceu a Aparecidense fora de casa em 2012 (1×0) e 2016 (2×0 pela segunda fase). Em contrapartida a Aparecidense deu o troco no Abadião em 2012 (4×2) e 2016 (1×0).

CEILÂNDIA

O empate em casa não foi de todo ruim para as pretensões do Gato Preto. Apesar de não conquistar os três pontos, o time alvinegro comandado pelo técnico Adelson de Almeida viu a sua equipe criar várias chances de gol, o que alimenta esperanças de conquistar um bom resultado fora de casa.

Nesta semana, o Ceilândia foi ao mercado e trouxe três reforços: o volante Clécio (ex-Aparecidense), o lateral esquerdo Mário Henrique (Brasiliense) e por último o clube anunciou o atacante Mirandinha, campeão candango desta temporada pelo Sobradinho. No entanto o trio ainda depende de regularização para poder entrar em campo.

Com todos os atletas à sua disposição, a tendência é de que o treinador mantenha a mesma formação da rodada passada. Adelson pode manter na série D o rodízio nas laterais realizado durante o Campeonato Candango, promovendo as entradas de Elivelto e Júlio Ferrari nas vagas de Kabrine e Dudu Lopes respectivamente.

APARECIDENSE

O vice-campeão goiano irá tentar a sua primeira vitória na série D deste ano sem poder contar com o seu torcedor. O clube foi punido pelo STJD com a perda de um mando de campo e teria que jogar a 200 km de distância de sua cidade. O motivo teria sido um objeto arremessado por um torcedor que atingiu o quarto árbitro durante a série D do ano passado (empate em 0x0 pela segunda fase). O clube recorreu da decisão e conseguiu converter a punição para um jogo de portões fechados.

De técnico novo desde o final do estadual, o time goiano também se reforçou para a série D. Trouxe o meia Vitor Xavier (Anapolina-GO) e o lateral esquerdo Mário Sérgio (Categorias de base do Goiás). O técnico Éverton Goiano não poderá contar com o lateral direito Rafael Cruz, expulso no jogo passado diante do Novo Operário. Seu substituto deverá ser João Vitor.

Aparecidense e Ceilândia se enfrentam nesta sexta-feira (27) às 19:30 com portões fechados, no estádio Aníbal de Toledo em Aparecida de Goiânia-GO.

FICHA TÉCNICA

APARECIDENSE-GO X CEILÂNDIA

Campeonato Brasileiro Série D 2018 – Grupo A11 – 2ª rodada

27/04/2018 – 19:30h

Estádio Aníbal de Toledo, Aparecida de Goiânia-GO

Arbitro: Eduardo Teixeira – TO

A1: Samuel Smith – TO

A2: Fernando Gomes – TO

4º Árbitro: Anderson Ribeiro – GO

5º Árbitro: Júlio César Fernandes – GO

APARECIDENSE

Busatto; João Vitor, Thiago, Mirita e Mário Sérgio; Araújo, Washington, Aleilson e Alex Henrique; Nonato e Uederson.

Técnico: Éverton Goiano

CEILÂNDIA

Wendell; Júlio Ferrari, Cauê, Cocada e Elivelto; Didão, Emerson Martins, Gilmar e Gago; William e Daniel.

Técnico: Adelson de Almeida

Por Marcelo Gonçalo

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 3027 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *