Santa Maria sonha em se manter na elite. Bolamense pensa em G8

O que não faltaram foram problemas para o Santa Maria nesta temporada. A Águia do Cerrado começou a pré temporada sonhando com um time forte para brigar pelo título candango. Mas o sonho virou pesadelo à medida que as promessas não se cumpriam e o time ia se afundando na tabela. Mesmo com as adversidades a Diretoria arregaçou as mangas e foi à luta. Reformulou o time e chega nesta última rodada com chances de se livrar do rebaixamento.

Já o Bolamense conseguiu o seu objetivo de se manter na primeira divisão e (na teoria) não possui grandes aspirações no Campeonato. A Onça Pintada ainda possui boas chances de se classificar para as quartas de final. Porém, alguns dos destaques da equipe e deram no pé, o que deve tornar a tarefa de se classificar ainda mais complicada.

Santa Maria

A vitória na raça obtida diante do Ceilândia na rodada passada deram um novo ânimo no Santa Maria. Até então a única equipe sem vitórias no Campeonato, o resultado não só deu moral à equipe do técnico Vandinho como também trouxe a esperança de volta ao Ninho do Águia em permanecer na elite candanga. A matemática é simples: o Santa Maria precisa vencer o Bolamense e torcer para que tanto Samambaia quanto Paranoá não passem de um empate diante de Ceilândia e Paracatu respectivamente.

Para esta partida o técnico Vandinho poderá contar com o retorno do volante Erisson que cumpriu suspensão na rodada passada. Mas a tendência é de que a formação seja mantida para o confronto decisivo contra o Bolamense.

Bolamense

Para muitos, o Bolamense conseguiu o que queria. Fez um campeonato seguro e permaneceu na primeira divisão. Mas para a diretoria do clube, que chegou a dizer que não entraria na competição apenas para participar, é preciso subir mais um degrau. A onça-pintada está à uma vitória de se classificar entre as oito melhores equipes do Candangão e disputar o mata-mata. Nada mal para uma equipe que era vista como uma das últimas forças do campeonato. Para alcançar tal feito, o time precisa contar com um tropeço do Formosa. E o treinador Luiz Henrique, que chegou a dizer que sairia do clube, ficou para alcançar seu objetivo.

FICHA TÉCNICA

SANTA MARIA X BOLAMENSE

Campeonato Candango – 11ª Rodada

Estádio Diogão, Formosa-GO

14/03/2018, 15h30

Árbitro: Vanderlei Soares

A1: Lucas Guerra

A2: Marconi Souza

4º árbitro: Marcelo Rudá

Inspetor: Fábio Alves

SANTA MARIA

Abraão; Amaral, Edinho, Gil e Jonathan; Reis, Trindade, Thompson e Fernando Veiga; Júnior Bala e Juninho.

Técnico: Vandinho.

BOLAMENSE

Yuri; Rato (Djhony), Paulo, Bigú Braz e Sid (Wesley); Werick, Lucas, Desson e Igor Schimaltz (Mário); Amendoim e Pedrinho.

Técnico: Luiz Henrique.

Por Marcelo Gonçalo e Pedro Breganholi

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 2560 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *