Na reedição da final da Segundinha, Bolamense vence

Após correr o risco de não haver a realização da partida, devido à falta de policiamento (a federação fez os trâmites normais e legais), Samambaia e Bolamense começaram a partida válida pela 8ª rodada com nove minutos de atraso, no estádio Rorizão, na manhã deste domingo. Com a bola em jogo, os afro-brasileiros venceram por 1 x 0 e entraram no G8. Já a Cobra Sucuri ocupa a 11ª colocação, na zona de rebaixamento.

Vacilo fatal

O Samambaia começou dominando amplamente a partida. Chegava com certa facilidade no setor ofensivo, mas não acertava o último passe e, consequentemente, as finalizações não saíam com precisão. Assim, em um lance bizarro, aos 12 minutos, o goleiro Bizarro dominou errado na entrada da área e entregou a bola nos pés de Pedrinho. O camisa 10 do Bolamense não vacilou e fez 1 x 0 para os visitantes.

Goleiro Uoston após a infelicidade no gol do Bolamense. Foto: Anderson Papel/DF Sports

Os jogadores da Cobra Cipó não se abalaram com o revés no placar e continuaram insistindo no ataque. Deste modo, Amoroso invadiu a área aos 20 minutos e bateu cruzado rasteiro, mas a bola saiu raspando a trave direita do goleiro Yuri. Ainda assim, aos 31’, o volante Werick acertou um belo chuta da meia-lua e Uoston defendeu, salvando o Samambaia de levar o segundo gol.

Com o placar adverso, o Samambaia partiu para cima no segundo tempo. Embora impetuosa, a equipe da casa não conseguia furar o bloqueio da defesa do time afro-brasileiro. Por volta dos cinco minutos, duas chances excepcionais em jogadas de contra-ataque foram desperdiçadas, uma com Amoroso e a outra com Kiko.

Aos 15 minutos o lateral direito Rato, do Bolamense, bateu quase sem ângulo e a bola tomou a direção do gol, mas Uostou fez boa defesa, salvando o Samambaia. Por pouco não veio o empate aos 25’. Após bola alçada na área, houve o bate e rebate, mas Cereso cabeceou nas mãos do arqueiro rival.

A pressão dos mandantes aumentou e, no lance seguinte, Cereso teve a oportunidade novamente. Mas, também de cabeça, não conseguiu marcar, devido a intervenção do goleiro do Bolamense. Mas não adiantou, o jogo terminou com vitória dos visitantes por 1 x 0.

Na 9ª rodada o Samambaia vai ao estádio Augustinho Lima enfrentar o Real F. C., às 15h30. No mesmo horário, do dia 28 (quarta-feira), o Bolamense encara o Paranoá, no Abadião.

FICHA TÉCNICA

SAMAMBAIA 0 x 1 BOLAMENSE

Campeonato Candango 2018 – 8ª rodada

Estádio Rorizão, 25/02/2018, 11h

Público: 109   

Renda: R$ 469,00

Árbitro: Almir Camargo

A1: Renato Gomes

A2: José Ricardo

4º árbitro: Emanoel Ramos

Inspetor: Marcelo Piacesi

SAMAMBAIA

Uoston; Glauber, Gaia, Ernesto e Júlio César (Máximo); Jorgevan, Wisley, Neiva e Kiko; Cereso (Xandy) e Amoroso (Rafael Barriga).

Técnico: Val Baiano.

Gol: não houve.

Cartões amarelos: Cereso e Ernesto.

Cartão vermelho: não houve.

BOLAMENSE

Yuri; Rato, Alan, Paulo e Maylson; Werick, Desson, Pedrinho e Bigú Braz (Higo); Amendoim e Lucas.

Técnico: Luiz Henrique.

Gol: Pedrinho (12’ – 1º T).

Cartões amarelos: Bigú Braz e Lucas.

Cartão vermelho: Paulo.

Por Haland Guilarde

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 2616 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *