Arbitral define tabela do Candangão 2018

Por Marcelo Gonçalo

Foto: Marcelo Gonçalo

Foi realizada, na manhã desta segunda-feira, a continuação do Conselho Técnico Arbitral que definiu as regras, datas e tabela do Campeonato de Futebol Profissional da Primeira Divisão do Distrito Federal de 2018.  Representantes dos 12 clubes ouviram a proposta do regulamento proposto pela Federação e fizeram suas considerações. Ao final, a peça foi aprovada pelos dirigentes e estabelecida em documento assinado pelos participantes.

Os seis melhores times desta temporada (Brasiliense, Ceilândia, Paracatu, Sobradinho, Santa Maria e Gama) ganharam como prêmio um mando de campo a mais que os demais times participantes do certame (Real F.C., Formosa, Luziânia, Paranoá, Bolamense e Samambaia). Os sorteios definiram os confrontos, o que não gerou reclamações por parte dos dirigentes.

A polêmica ficou por conta dos critérios de distribuição das vagas na Copa Verde 2018. Ainda na gestão Erivaldo Alves, foi combinado entre os clubes que o 3º e 4º colocados da edição deste ano disputariam a competição. No entanto a mudança da premiação do campeão (antes valia uma vaga na Copa-Sulamericana e agora uma classificação direta para a quarta fase da Copa do Brasil, mais boa quantia em dinheiro) fizeram Brasiliense e Ceilândia   “crescerem o olho”. Uma liminar da justiça teria sido emitida com parecer favorável ao campeão e vice deste ano, mas Paracatu e Sobradinho certamente irão recorrer.

Acompanhe abaixo os principais pontos do Regulamento aprovado na manhã do Candangão 2018:

– A fórmula basicamente segue os mesmos princípios da edição passada: Os doze clubes se enfrentam entre si em turno único e os oito primeiros se classificam para a segunda fase (quartas de final). Os dois piores são rebaixados à Segunda Divisão;

– Na Segunda Fase, os oito melhores clubes da Primeira Fase são distribuídos em quatro chaves por cruzamento olímpico (1º x 8º, 2º s 7º e assim por diante) onde os quatro primeiros jogam a segunda partida em casa e com a vantagem do empate na soma dos resultados dos dois jogos (antes a classificação era decidida nos pênaltis);

– Na terceira fase (Semifinais) os quatro times remanescentes se enfrentam em novo mata-mata, similar ao da Segunda Fase. Os dois times vencedores desta etapa se classificam para a final do campeonato. Os finalistas ganham uma vaga na Série D e Copa do Brasil em 2019. Os perdedores (3º e 4º) ganham vagas na Copa Verde;

– As duas partidas finais serão disputadas no estádio Mané Garrincha, com transmissão da TV. Em caso de igualdade na soma dos dois jogos, o título candango será decidido na cobrança de pênaltis;

– Os participantes poderão inscrever atletas até o último dia útil antes das quartas de final;

– Os ingressos poderão variar de R$ 1,00 a R$ 50,00 sem preço diferenciado para torcida visitante;

– O Campeonato se inicia no dia 20 de janeiro e tem previsão para terminar em 7 de Abril (por conta da Copa do Mundo);

CONFIRA A PRIMEIRA RODADA DO CANDANGÃO 2018:

– Brasiliense x Real F.C. (Mané Garrincha);

– Gama x Bolamense (Mané Garrincha);*

– Santa Maria x Luziânia (Bezerrão);

– Ceilândia x Paranoá (Abadião);

– Sobradinho x Formosa (Augustinho Lima);

– Paracatu x Samambaia (Frei Norberto);

* O Gama tem mais um jogo sem poder mandar jogos em seu estádio, em função das brigas do clássico Gama x Brasiliense, deste ano no Bezerrão.

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 3044 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *